Ivinhema adere ao setembro amarelo contra o suicídio

Na noite de domingo (02) foi realizada uma missa alusiva ao inicio do mês de setembro amarelo, mês que é de prevenção ao suicídio.

O setembro amarelo é um movimento mundial para conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que, em muitos casos (90%) existe prevenção, estatísticas mostram que todos os dias, 32 brasileiros tiram a própria vida e mais de 20 mil pessoas cometem suicídio ao redor do planeta. Quase 1 milhão de pessoas se matam por ano, uma a cada 40 segundos . E, para cada morte por suicídio, existem outras 10 ou 20 pessoas que já tentaram fazer o mesmo.

Pesquisas mostram que o suicídio é mais comum do que imaginamos de cada 100 brasileiros 17 pensaram em se matar, 5 elaboraram um plano, 3 tentaram se matar e que já tentou se suicidar tem de 5 a 6 vezes de tentar de novo e 50% que se suicidaram já haviam tentado. O que muitos não sabem é que 90% dos casos poderiam ser evitados se uma ajuda fosse procurada.

Alguns sinais mostram o desejo de cometer esse fato lamentável Publicações nas redes sociais que falem de solidão, isolamento, culpa, sonolência, auto-depreciação, desejo de vingança. Frases como: “Não faço nada direito, sou um lixo”, “Não quero sair da cama nunca mais”, “Mais uma madrugada sem sono”, “Quero que todo mundo se dane”, “Vocês não vão precisar mais se preocupar comigo”.  Impulsividade: aumentar o uso de álcool ou drogas, mudanças drásticas de peso, dirigir perigosamente, perguntas sobre métodos letais, como facas, armas ou pílulas, enaltecer e glamorizar a morte, desfazer-se de objetos pessoais e rituais de despedidas.