Secretaria de saúde realiza balanço dos números de dengue, zika e chikungunya, no primeiro semestre de 2019

A secretaria municipal de saúde disponibilizou os dados atualizados das doenças : dengue, zika e chikungunya, causadas pelo mosquito Aedes aegypti.

Segundo a coordenadora da  vigilância epidemiológica do município, Clarice do Nascimento, no primeiro semestre de 2019, tivemos 298 casos notificados de dengue (suspeita), com 47 resultados positivos,  156 negativos e a espera de resultados 95 exames.

Já o zika vírus e chikungunya, não tiveram casos positivos no município de Ivinhema.

Esse resultado positivo em 2019 se dá ao intensivo trabalho da secretaria municipal de saúde, dos agentes epidemiológicos, a coletas em residências, a retirada de pneus do município, dentre outras atividades realizadas pela administração, sem contar na conscientização das pessoas em cuidar de suas vidas.

Cabe ressaltar que o tipo 2 da dengue que está circulando no município, por isso cuide dos quintais, dos vasos de plantas e de todo local propicio para a proliferação do mosquito.